Cinco dicas infalíveis para eliminar de vez a celulite

Podemos questionar qualquer mulher sobre o que é celulite, que receberemos diferentes respostas, confusas e desconexas entre si. Mesmo se pesquisarmos pela expressão “definição de celulite” na internet, podemos notar que até os ditos “especialistas” não entram em um consenso. As respostas encontradas variam desde, por exemplo, “depósito de gordura e tecido fibroso causando irregularidades na pele que está por cima”, ou “uma alteração causada pelo acúmulo de gordura, água e toxinas nas células”, até “inflamação de tecidos”.

O que realmente ocorre é que ninguém sabe ao certo o que é a celulite e porque ela causa alterações na uniformidade da pele. A razão disso é que, na verdade, a celulite foi inventada! Em um dos poucos estudos sérios já realizados sobre o tema, Rosella Ghigi, professora adjunta da Universidade de Bolonha, afirma que o termo “celulite” é recente: foi inventado na França, no final do século XIX. O médico Littré & Robin a descreve como uma “inflamação do tecido celular ou laminado”. A partir do estudo desse médico francês, centros de beleza franceses começaram a criar tratamentos para tratar dessa suposta “doença”. O frenesi foi se espalhando pela Europa e por outros países do mundo e as mulheres se tornaram muito preocupadas em se livrar dos furos e ondulações.

De acordo com Max Lafontan, pesquisador sênior associado ao Inserm (Instituto Francês de Saúde e Pesquisa Médica) e especialista em tecidos adiposos, a nossa hostilidade cultural à gordura subcutânea é extremamente bem documentada, entretanto, biologicamente, a celulite é praticamente inevitável. É uma característica secundária do corpo feminino, como os seios. A celulite sempre existiu, mas só recentemente as mulheres declararam guerra contra ela.

Se você for mulher, provavelmente sente na pele como é a cobrança da sociedade para uma pele lisa e firme, e já deve ter lido muita informação sobre tratamentos “milagrosos” para eliminar o aspecto flácido do corpo. Primeiro, precisamos lhe informar que a celulite não é uma doença. Mas se você, apesar de tudo, ainda deseja eliminá-la, informaremos a você as cinco coisas que você precisa saber sobre a celulite e que são essenciais para acabar com os grânulos e cavidades na pele.

 

Os segredos cruciais

 

1. Pare de utilizar loções milagrosas

Ao contrário do que aquela blogueira famosa ou que aquela atriz super em forma diz, cremes e loções anti-celulite não funcionam! Por mais caro que seja, nenhum creme hidratante com “ativos poderosos” é capaz de eliminar a celulite. Primeiro, qualquer substância com administração tópica (ou seja, a ser aplicada na pele) não é capaz de carregar o medicamento para as camadas mais profundas da pele. Segundo, cremes vendidos em farmácias e lojas de cosméticos são constituídos por ativos altamente diluídos (na hipótese desses ativos serem eficazes em uma determinada porcentagem). E, por último e o mais importante: a celulite não é uma disfunção dermatológica! Pelo contrário, é uma imperfeição que ocorre mais profundamente, entre pele e músculos, e pode ser revertida apenas através da correção da atrofia muscular, localizada abaixo das regiões onde a celulite está aparente. A celulite é uma manifestação superficial do que está ocorrendo em um nível mais profundo. Tratar então só dos furinhos que aparecem na pele não faz o menor sentido.

 

2. Abandone os tratamentos em spas e clínicas de estética

Os tratamentos oferecidos em spas e clínicas de estética são extremamente caros e não vão trazer os resultados que você deseja. Esses procedimentos normalmente são dolorosos, invasivos e perigosos, e podem resultar em hematomas doloridos, manchas na pele e cicatrizes permanentes. A mesoterapia, por exemplo, já foi proibida pelo FDA nos Estados Unidos (Food and Drug Administration, órgão equivalente à Anvisa), mas continua sendo utilizada no Brasil, inclusive por médicos dermatologistas. Apesar de serem totalmente ineficientes, tais procedimentos estéticos continuam sendo vendidos e aplicados em milhares de clientes. É o uso da propaganda e do marketing enganoso que faz com que esses tratamentos não parem de ser comercializados.

 

3. Aprenda que a celulite não é genética

Há o mito comum de que a celulite é causada por um fator genético e que, por causa disso, as pessoas que a possuem estão fadadas a terem celulite por toda a vida. Outra mentira! Acreditar nisso vai impedir você de eliminar de vez os sulcos e inchaços. Esse mito é propagado por pessoas leigas e que assumem a postura de sabe-tudo, influenciando quem não possui informação suficiente. Podemos, é claro, observar mães e filhas, ambas com celulite em grau similar. Mas isso não ocorre por causa da genética, e sim porque pessoas da mesma família normalmente possuem os mesmos hábitos! Mesmos padrões alimentares, mesma frequência (ou a falta) de exercício físico. Se você observar atentamente, é igualmente comum haverem mães que não possuem celulite tão grave quanto à da filha, ou até mesmo mães com a pele lisa e filhas jovens com flacidez avançada. O motivo disso são os hábitos sedentários das gerações recentes, que ficam horas em frente ao computador e se alimentam de forma incorreta. Então, não se prenda a esse mito e pare de utilizá-lo como desculpa.

 

4. Nunca é tarde demais para se ver livre da celulite

Quantos anos você tem ou desde quando notou a presença da celulite no seu corpo são irrelevantes, pois nunca é tarde para procurar a solução. Já que a celulite é causada pela falta de rigidez e tônus muscular, para saná-la é preciso praticar exercícios e fortalecer a musculatura. Quer você tenha desenvolvido celulite (ou talvez ela tenha piorado) na adolescência, durante a gravidez ou na menopausa, o tratamento será o mesmo: um conjunto de exercícios simples e únicos direcionados para as regiões onde a celulite está localizada, com o objetivo de desenvolver os músculos fracos e atrofiados e, por conseqüência, melhorar a homogeneidade da pele.

 

5. A maneira mais eficiente de eliminar permanentemente a celulite é por meio de exercícios específicos

É senso comum acreditar que passar horas na esteira caminhando ou desgastando suas articulações em corridas extensas é a melhor forma de driblar os efeitos da celulite. Exercícios assim são chamados de aeróbicos, porque utilizam oxigênio no processo de geração de energia para os músculos, e normalmente possuem uma longa duração. Eles são importantes para melhorar a disposição e o condicionamento físico, entretanto, não são a melhor forma de eliminar permanentemente a celulite. A prática de exercícios que visam somente à queima de gordura vai fazer você emagrecer, mas é possível que a flacidez não te abandone. Portanto, o tipo de exercício ideal para acabar com os furinhos na perna e no bumbum é o exercício anaeróbico.

Exercícios anaeróbicos (ou de resistência) são aqueles que trabalham diferentes grupos musculares durante um determinado período de tempo e costumam ser de curta duração e alta intensidade. Com esse tipo de exercício, seus músculos vão se desenvolver e se fortalecer. O aumento do tônus muscular reflete diretamente na pele, que fica mais lisa e uniforme. Os exercícios ideais, entretanto, não são aqueles que você costuma fazer com os aparelhos na academia. Esses exercícios focam em uma pequena área do corpo, o que vai ajudar muito pouco no processo de eliminação da celulite.

Uma grande parte dos educadores físicos que trabalham em academia não sabe, mas o melhor tipo de exercício são aqueles que estimulam vários músculos de uma vez só. Imagine que a parte de baixo do corpo feminino tem 90 músculos. O fortalecimento de todos esses músculos da região dos quadris, bumbum e coxas não vai ocorrer perfeitamente através de exercícios com pesos ou máquinas, mas sim por meio de um conjunto de exercícios especiais, que você pode fazer em casa, utilizando apenas o peso do seu próprio corpo.

Portanto, com uma série simples de exercícios únicos, idealizados especialmente para a eliminação da celulite na parte inferior do corpo e que são realizados em casa, você poderá começar a ter resultados em duas semanas, e provavelmente se verá livre da celulite dentro de um mês.

Como acabar com a celulite

 

 

[Total: 2    Média: 5/5]